Doença displásica do quadril (DDQ) ou Displasia do Quadril ou Luxação Congênita do Quadril

O termo Displasia do Desenvolvimento do Quadril (DDQ) vem sendo utilizado para substituir a terminologia Luxação Congênita do Quadril (LCQ). Por ser mais abrangente já que envolve todo o desenvolvimento inadequado (displasia) da articulação coxo-femoral (a qual é um fator que predispõe à Luxação) e luxação congênita do quadril seriam os casos que a criança nasce com o quadril luxado ( sem encaixe da cabeça no acetábulo). É mais freqüente em meninas e a incidência varia de 1:1.000 a 15: 1000 nascidos vivos.

Além disso, sabemos que ao nascer os quadris ainda são imaturos, e que o seu desenvolvimento adequado depende principalmente da tomada de peso na posição ortostática, a qual é essencial para moldar o fêmur e o acetábulo. A criança apresenta graus variáveis de estabilidade do quadril, que pode ser só instável e hipermóvel ou pode se apresentar luxado (fora do lugar). Segue os 4 tipos segundo a classificação de Crowe :

fotosite7

Um posicionamento inadequado da cabeça do fêmur ainda intra útero gera uma biomecânica anormal na articulação do quadril. Neste caso, a cabeça femoral começa a ser deslocada de sua posição central, e exerce pressão sobre epífise acetabular lateral, causando um atraso tanto da ossificação quanto do crescimento do acetábulo (imaturidade acetabular). Este posicionamento inadequado pode estar associado à frouxidão ligamentar. Um outro fator que pode gerar uma imaturidade acetabular é a oligodramnia (oligodramnia, que é o pouco líquido amniótico, promove o estreitamento do espaço abdominal, impedindo a versão cefálica do feto).
Freqüentemente, há casos de luxação do quadril na família. No berçário da Maternidade os quadris são examinados pelas manobras de Barlow e Ortolani em que é testada a estabilidade do quadril. Tais exames são obrigatórios por lei e devem ter o resultado anotado no exame médico inicial do bebê. Na suspeita de instabilidade ou luxação, o bebê deve ser encaminhado para o Ortopedista nos primeiros dias de vida para tratamento especializado.

 

fotosite8

 

Deve ser iniciado precocemente por Ortopedista Pediátrico. O bebê será submetido a um exame de Ultrassom dos quadris que determinará a extensão do problema. O tratamento, inicialmente, é sempre clínico, com o uso de aparelhos ortopédicos que objetivam manter os quadris dobrados e com certo gráu de movimento, para que sejam moldados e encaixados no osso da bacia. Caso este encaixe não aconteça de maneira adequada, a criança poderá ser submetida a manipulações sob anestesia e a cirurgias para se efetuar a correção articular.

fotosite9

 

A observação pelos pais de que a criança começou a andar e está mancando constitui uma tragédia pois o tratamento está atrasado pelo menos um ano e qualquer método de tratamento instituído será insuficiente para proporcionar um quadril normal.
Na idade adulta, pode ser necessário algumas cirurgias para correção, que varia desde osteotomias para redirecionamento do acetábulo, tentando aumentar a cobertura acetabular, até cirurgia de Artroplastia Total do Quadril.
Estas são reconstruções complexas , pois o quadril apresenta algumas particularidades, como acetábulo nativo raso e hipoplásico, em geral apresenta deficiência óssea na região anterior e superior, aumento da anteversão, baixa densidade óssea e lateralização do centro de rotação do quadril.

O fêmur é normalmente hipoplásico, com estreitamento do canal medular e aumento da anteversão femoral proximal, o colo femoral é encurtado e valgo, o grande trocânter encontra-se localizado mais posterior e a cabeça femoral é anesférica e pequena.

As alterações das partes moles ao redor do quadril incluem o espessamento da cápsula articular, contratura dos músculos iliopsoas, reto femoral, adutores, encurtamento do nervo ciático e alteração do curso do nervo femoral e artéria femoral profunda, além da horizontalização dos abdutores do quadril, muitas vezes cursando com insuficiência da musculatura abdutora. Essas alterações tornam essas cirurgias mais complicadas, por isso é importante ser realizado por um profissional experiente.